SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue1Scholar inclusion of multiple deficiency children: parents and teachers conceptionsMorphosyntatic knowledge and spelling in children of the primary education author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psicologia: Teoria e Pesquisa

Print version ISSN 0102-3772On-line version ISSN 1806-3446

Abstract

SANTA-CLARA, Angela  and  SPINILLO, Alina Galvão. Pontos de convergência entre o inferir e o argumentar. Psic.: Teor. e Pesq. [online]. 2006, vol.22, n.1, pp.87-96. ISSN 0102-3772.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-37722006000100011.

Inferir e argumentar são processos cognitivos e lingüísticos da maior relevância. Apesar de distintos, o inferir e o argumentar apresentam pontos de convergência que indicam haver uma relação entre essas instâncias. Sem incorrer em aproximações conceitualmente desautorizadas e preservando as especificidades de cada um desses processos, o presente artigo procurou indicar alguns pontos de contato entre o inferir e o argumentar. Esses pontos, mais do que elementos discretos e independentes, se caracterizam por um conjunto de elementos contínuos e interdependentes que se complementam mutuamente, sendo eles: o envolvimento de premissas e conclusões, a natureza situacional, a natureza dialógica, e a previsão. O principal objetivo do artigo foi conduzir uma reflexão que interessa a estudiosos do campo da argumentação e da compreensão de textos, em particular, e a estudiosos da cognição humana, de maneira geral.

Keywords : inferir; argumentar; pontos de convergência.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License