SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue3The influence of the neuroticism personality trait on the susceptibility to false memoriesDarwinism in James: the function of consciousness in the evolution author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Teoria e Pesquisa

Print version ISSN 0102-3772

Abstract

HUNZIKER, Maria Helena Leite; YAMADA, Marcos Takashi; MANFRE, Fernando Nunes  and  AZEVEDO, Érika Ferreira de. Variabilidade e repetição operantes aprendidas após estímulos aversivos incontroláveis. Psic.: Teor. e Pesq. [online]. 2006, vol.22, n.3, pp. 347-354. ISSN 0102-3772.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-37722006000300012.

O objetivo desse experimento foi verificar se a experiência prévia com eventos aversivos incontroláveis interfere na aprendizagem da variabilidade ou da repetição operantes. Ratos (n=45) tiveram a reposta de pressão à barra reforçada positivamente em CRF e FR 4, sendo depois divididos em três grupos, expostos a choques elétricos controláveis, incontroláveis ou nenhum choque. Em seguida, receberam nove a 12 sessões de reforçamento positivo para seqüências de quatro respostas de pressão a barra, em uma caixa com duas barras (direita - D e esquerda - E): metade dos sujeitos foi reforçada por variar (VAR) e metade por repetir uma mesma seqüência (REP). Os resultados mostraram que o tratamento prévio com choques não interferiu na aprendizagem dos padrões de variabilidade e de repetição, que foram dependentes apenas da contingência em vigor. Esses dados são contrários ao previsto pela hipótese do desamparo aprendido.

Keywords : variabilidade operante; repetição operante; choques incontroláveis; desamparo aprendido.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese