SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número4A revelação de abuso sexual: as medidas adotadas pela rede de apoioRevisão da literatura sobre a eficácia da intervenção psicológica no tratamento do lúpus eritematoso sistêmico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Psicologia: Teoria e Pesquisa

versão impressa ISSN 0102-3772

Resumo

AMBROSIO, Daniela Cristina Mucinhato  e  SANTOS, Manoel Antônio dos. Vivências de familiares de mulheres com câncer de mama: uma compreensão fenomenológica. Psic.: Teor. e Pesq. [online]. 2011, vol.27, n.4, pp. 475-484. ISSN 0102-3772.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-37722011000400011.

Este estudo teve por objetivo compreender a vivência de familiares de mulheres acometidas pelo câncer de mama em relação à possibilidade de morte, considerando-se o estigma de doença fatal que envolve a doença. Participaram sete filhos, quatro maridos, uma nora e um entrevistado na dupla condição de genro e marido. Foram realizadas entrevistas individuais, ancoradas no referencial fenomenológico, seguindo a questão norteadora: "Como foi, para você, ter um familiar com câncer de mama?". Os resultados demonstraram que a consciência da mortalidade da ente querida se aguça para os familiares, que se percebem como seres-para-a-morte e sentem a necessidade de serem-com-um-profissional-especializado, o que sugere a importância de estender os cuidados à unidade familiar.

Palavras-chave : neoplasias da mama; família; morte; Fenomenologia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português