SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número1Perceptions and feelings of pregnant women concerning prenatal careSignification processes in the first year of babies' life índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Psicologia: Teoria e Pesquisa

versión impresa ISSN 0102-3772

Resumen

KRUEL, Cristina Saling  y  LOPES, Rita de Cássia Sobreira. Transição para a parentalidade no contexto de cardiopatia congênita do bebê. Psic.: Teor. e Pesq. [online]. 2012, vol.28, n.1, pp. 35-43. ISSN 0102-3772.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-37722012000100005.

O estudo objetivou investigar o processo de transição para a parentalidade no contexto de cardiopatia congênita do bebê. Participaram do estudo quatro casais, cujos filhos nasceram com malformação cardíaca. Utilizou-se delineamento de estudo de caso coletivo. Mãe e pai foram entrevistados sobre os primeiros momentos após o nascimento do bebê e a experiência da maternidade e da paternidade, respectivamente. Análise de conteúdo indicou que o diagnóstico de cardiopatia do bebê interfere no processo de parentalização. Destacou-se a intensa preocupação das mães com a sobrevivência dos bebês, evidenciada por meio da dedicação exclusiva a eles. Os pais demonstram-se envolvidos com seus filhos, assumindo também a tarefa de proteger as mães. Conclui-se que os sentimentos relativos à parentalidade focalizaram-se na sobrevivência do bebê.

Palabras llave : maternidade; paternidade; cardiopatia; hospitalização.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués