SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número4Estratégia Clínico-Interpretativa: Um Recurso à Pesquisa PsicanalíticaSaúde Mental, Gênero e Velhice na Instituição Geriátrica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Psicologia: Teoria e Pesquisa

versão impressa ISSN 0102-3772versão On-line ISSN 1806-3446

Resumo

BARROSO, Adriane Freitas. Um Lugar para o Sujeito em Tempos de Consumo do Objeto: Um Estudo de Caso. Psic.: Teor. e Pesq. [online]. 2015, vol.31, n.4, pp.537-542. ISSN 0102-3772.  http://dx.doi.org/10.1590/0102-37722015042324537542.

A clínica psicanalítica sempre esteve conectada à realidade social, já que, a cada tempo, alteram-se as demandas e suas formas de endereçamento. Atualmente, contudo, o enfraquecimento do simbólico põe em xeque a crença no Outro, fazendo vacilar o lugar do sujeito e o conceito de clínica em si. Este artigo busca extrair, a partir de um caso clínico que aborda a questão da toxicomania, um esforço da psicanálise de orientação lacaniana para assegurar a importância do sujeito.

Palavras-chave : sujeito do inconsciente; clínica psicanalítica; real; simbólico; toxicomania.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )