SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número2TEORIA SINTÁTICA: DE UMA PERSPECTIVA DE "-ISMOS" PARA UMA PERSPECTIVA DE "PROGRAMAS"SEMELHANÇAS ENTRE UPTAKE E TRACE: CONSIDERAÇÕES SOBRE TRADUÇÃO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


DELTA: Documentação de Estudos em Lingüística Teórica e Aplicada

versão impressa ISSN 0102-4450versão On-line ISSN 1678-460X

Resumo

MOTA, Sonia Borges Vieira da. A Gramatologia, uma ruptura nos estudos sobre a escrita : a Disruption on Written Language Studies. DELTA [online]. 1997, vol.13, n.2, pp.291-313. ISSN 0102-4450.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-44501997000200006.

A filosofia clássica que, conforme Derrida, vai de Platão a Hegel, concebe a linguagem escrita como representação da fala. Isto significa que à escrita é atribuído um caráter meramente técnico e funcional. O presente artigo focaliza a desconstrução dessa concepção tomando por base a crítica de Derrida às interpretações que reduzem o pensamento de Saussure a uma filosofia da linguagem com características fonocêntricas e, portanto, metafísicas

Palavras-chave : Escrita; Oralidade; Representação; Gramatologia; Significante.

        · resumo em Inglês     · texto em Português

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons