SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 special issueThe responsibility of translating the un-translatable: Jacques Derrida and the desire for [la] translationThe exemplary relationship between author and proofreader (as well as other similar textual workers) and the myth of Babel: a few comments on the History of the Siege of Lisbon, by José Saramago author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

DELTA: Documentação de Estudos em Lingüística Teórica e Aplicada

Print version ISSN 0102-4450

Abstract

SELIGMANN-SILVA, Márcio. Do gênio da língua ao tradutor como gênio. DELTA [online]. 2003, vol.19, n.spe, pp. 175-191. ISSN 0102-4450.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-44502003000300011.

O texto apresenta dois modelos da tradução que caracterizaram o século XVII e XVIII mas que podem ser vistos como paradigmáticos na Teoria da Tradução. 1) O modelo retórico que defende a possibilidade de tradução e enfatiza a adaptação do original ao "gosto" do público de chegada. 2) O modelo que afirma a impossibilidade da tradução, a intraduzibilidade: a) quer porque se valoriza no texto (e sobretudo na escrita dita poética) justamente os seus aspectos mais sensuais e, portanto, indissociáveis da língua de partida; b) quer porque se afirma o relativismo cultural e a intraduzibilidade entre as culturas; c) quer porque se afirma não apenas a impossibilidade de separação entre os significados e os significantes, mas se define o próprio significante e as identidades de um modo geral como sendo um resultado de um jogo diferencial.

Keywords : Belles infidèlles; Intraduzibilidade; Relativismo cultural; Gênio.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese