SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número46O tutor em Educação a Distância: análise ergonômica das interfaces mediadorasIdentificação das características associadas com a aprovação de candidatos de escolas públicas e privadas, Vestibular-2004, UFMG índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Educação em Revista

versão impressa ISSN 0102-4698

Resumo

CORREIA, Luciana Oliveira; GIOVANETTI, Maria Amélia Gomes Castro  e  GOUVEA, Maria Cristina Soares. Movimentos sociais e experiência geracional: a vivência da infância no Movimento dos Trabalhadores sem Terra. Educ. rev. [online]. 2007, n.46, pp. 143-166. ISSN 0102-4698.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-46982007000200005.

O trabalho apresenta pesquisa etnográfica desenvolvida com crianças moradoras de um acampamento do Movimento dos Sem Terra, em Minas Gerais. Pela observação participante do cotidiano infantil e por meio de entrevistas com crianças, buscou-se apreender os significados da vivência da infância no interior de um movimento social organizado. No escopo deste artigo, no diálogo com os refereciais teórico-metodológicos da sociologia da infância, foram analisadas três das entrevistas realizadas, de forma a destacar a singularidade dos processos socializatórios vividos por tais sujeitos, definidos por duas categorias identitárias: geração e inserção em movimentos sociais. Verifica-se que as crianças, em sua ação coletiva voltada para a atividade do brincar, buscavam interpretar sua experiência coletiva, lançando mão de elementos da cultura infantil, de forma a elaborar o vivido. Ao mesmo tempo, buscavam estabelecer relações com outros universos sociais, tais como a escola, de maneira a construir novos espaços de sociabilidade.

Palavras-chave : Infância; Movimento Social; Identidade; Socialização.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português