SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número1Pós-Graduação, saberes e formação docente: uma análise das repercussões dos cursos de mestrado e doutorado na prática pedagógica de egressos do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Educação da UFMG (1977-2006)Inovações curriculares: o ponto de vista de gestores de escolas do ensino básico em Portugal índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Educação em Revista

versão impressa ISSN 0102-4698

Resumo

JACOMINI, Márcia Aparecida. Os ciclos e a progressão continuada na opinião de pais e alunos. Educ. rev. [online]. 2011, vol.27, n.1, pp.161-180. ISSN 0102-4698.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-46982011000100008.

O objetivo deste artigo é analisar a opinião de pais e alunos sobre os ciclos e a progressão continuada na Rede Municipal de São Paulo. A pesquisa de campo foi realizada em duas escolas durante o ano letivo de 2005. Os dados foram coletados por meio de visitas semanais às escolas e entrevistas com 28 pais e 28 alunos, das duas escolas, e organizados em categorias temáticas, de acordo com Bardin (2004). A análise dos dados mostra que o conhecimento dos entrevistados sobre a organização do ensino municipal refere-se à forma de progressão dos alunos e eles não sabem o que é um ensino organizado em ciclos. A maioria dos entrevistados disse ser contrária à progressão continuada porque acredita que, sem a reprovação anual, os alunos serão promovidos sem saber e não estudam. Observou-se que o fato de o ensino municipal de São Paulo não estar organizado em ciclos, tal como foi concebido na proposta inicial, A ausência de um ensino em ciclos na cidade de São Paulo parece influenciar a oposição de pais e alunos à progressão continuada.

Palavras-chave : Ciclos; Pais; Alunos.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons