SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue1From fear to delight: the daily school life in Brazilian literatureThe internalization of childhood welfare along the first republic in Brazil: from São Paulo to Ribeirão Preto author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Educação em Revista

Print version ISSN 0102-4698

Abstract

GURSKI, Roselene. O lugar simbólico da criança no Brasil: uma infância roubada?. Educ. rev. [online]. 2012, vol.28, n.1, pp. 61-78. ISSN 0102-4698.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-46982012000100004.

Este artigo analisa o lugar simbólico da infância no Brasil. Partimos da reflexão sobre o conceito de experiência em Walter Benjamin e de algumas noções da Psicanálise. Inicialmente, revisamos a construção sócio-histórica do conceito de infância no mundo ocidental e no país. Para tal, fizemos um breve percorrido sobre as principais ações e políticas públicas do Estado desde o século XIX. Uma das interrogações do escrito remete à reflexão sobre a simultaneidade da posição de majestade/dejeto das crianças brasileiras, especialmente no que se refere à histórica diferença no tratamento dado às crianças de diferentes estratos sociais. O artigo sugere a ausência de um estatuto simbólico da criança, no que se refere às duas facetas da infância; questionamos, sobretudo, a existência de uma espécie de roubo da infância, na medida em que não são ofertadas às crianças condições passíveis de realizar a experiência da infância.

Keywords : Infância; Experiência; Psicanálise.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese