SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33GERENCIANDO O ESTIGMA DO PROFESSOR CONTRATADO: UMA ANÁLISE DE DISCURSO CRÍTICA“Vestir de anjo”: moralidade e práticas educativas em são João del-rei (1930-1946) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Educação em Revista

versão impressa ISSN 0102-4698versão On-line ISSN 1982-6621

Resumo

SETTON, Maria da Graça J.  e  OLIVEIRA, Mirtes Marins de. OS MUSEUS COMO ESPAÇOS EDUCATIVOS. Educ. rev. [online]. 2017, vol.33, e162678.  Epub 21-Set-2017. ISSN 0102-4698.  http://dx.doi.org/10.1590/0102-4698162678.

O objetivo deste artigo é fazer uma reflexão acerca dos espaços museológicos como prática educativa. Concebendo-os como um lazer diferenciado, tem-se uma falsa representação de que parte da população seria incapaz de usufruir de seus acervos. Partindo de uma perspectiva histórica acerca dos museus e da teoria de Pierre Bourdieu, procurou-se observar estruturas mentais que instauram barreiras culturais para algumas linguagens e práticas. Nesse sentido, como inspiração, visitaram-se alguns acervos no intuito de apreender as estratégias de aproximação e/ou afastamento de suas exposições. Para finalizar, problematizando o envolvimento com práticas de cultura responsáveis em grande parte pela formação de um capital cultural, provocou-se a reflexão sobre as diferentes formas de apreciar e de se sensibilizar com artefatos culturais diversos.

Palavras-chave : Museus; Arbitrário cultural; Legitimidade cultural; Educação..

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )