SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE: A TRAJETÓRIA DE UMA PROFESSORA SUPERVISORA NO PIBIDPOR ALGUMA POÉTICA NA DOCÊNCIA: A DIDÁTICA COMO CRIAÇÃO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Educação em Revista

versão impressa ISSN 0102-4698versão On-line ISSN 1982-6621

Resumo

MAGALHAES, Álcio Crisóstomo  e  CRUZ, José Adelson da. O “PACTO PELA EDUCAÇÃO” E O MISTÉRIO DO “TODOS”: ESTADO SOCIAL E CONTRARREFORMA BURGUESA NO BRASIL. Educ. rev. [online]. 2018, vol.34, e169491.  Epub 18-Jan-2018. ISSN 0102-4698.  http://dx.doi.org/10.1590/0102-4698169491.

Apreender o modo como o Brasil reorganiza seu sistema de ensino ao longo da Revolução Passiva ou de redefinição dos limites de seu Estado social é compreender que a atual Contrarreforma, muito mais que produto, é processo. A análise do modo como se autoriza e legitima um partido de classe burguesa - na acepção gramsciana -, o movimento “Todos Pela Educação”, impõe o entendimento da tensão entre público e privado no campo da educação. É o que se conclui ao se cotejar as diretrizes institucionais da entidade às metas e estratégias do “Plano Nacional de Educação 2014/2024” e, em especial, aos pilares do “Pacto Pela Educação” em Goiás, como rearranjo local do repertório vocabular do grande capital internacional. Demonstrar esse transformismo é o propósito desta reflexão, que se configura como um recorte da pesquisa que procura apreender a relação entre as reformas educacionais pós anos 1990 e a organização do trabalho pedagógico em Goiás.

Palavras-chave : Pacto Pela Educação; Todos Pela Educação; Trabalho docente; Contrarreforma; Organizações Sociais.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )