SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34LETRAMENTO MUSICAL DE PROFESSORES DE LÍNGUA ESTRANGEIRA (INGL ÊS)SENTIDOS DAS FAMÍLIAS SOBRE O TRABALHO DOCENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Educação em Revista

versão impressa ISSN 0102-4698versão On-line ISSN 1982-6621

Resumo

WITCHS, Pedro Henrique  e  LOPES, Maura Corcini. FORMA DE VIDA SURDA E SEUS MARCADORES CULTURAIS. Educ. rev. [online]. 2018, vol.34, e184713.  Epub 27-Ago-2018. ISSN 0102-4698.  http://dx.doi.org/10.1590/0102-4698184713.

O artigo objetiva problematizar a constituição de marcadores culturais que compõem a experiência de ser surdo de maneiras distintas e propõe discutir a surdez como uma condição necessária para a existência de uma forma de vida. Para tanto, inicialmente demonstra como a surdez passou a ser interpretada no registro cultural e, em seguida, desenvolve a discussão sobre o conceito de forma de vida para, juntamente com os estudos surdos e os estudos foucaultianos em educação, analisar os sete primeiros números da Revista Ephphatha, publicados pela Associação Brasileira de Surdos-Mudos entre 1914 e 1915. Neles, é possível evidenciar a constituição de marcadores relacionados à surdez em um período que antecede à inscrição dessa experiência no registro das identidades. Assim, foram identificados e discutidos marcadores culturais relacionados à surdez como uma condição primordial de distinção; à alma em luta permanente e bipartida pela (a)normalidade; à identidade; à reunião em um espaço físico ou virtual; ao olhar; à língua de sinais; à experiência visual-gestual e ao tempo. Destacou-se a importância do marcador linguístico na constituição de uma cultura surda e observou-se que os argumentos que sustentam tal noção podem encontrar fortalecimento na medida em que sejam evidenciados mais marcadores culturais atribuídos ao processo de subjetivação dos surdos. Argumenta-se, deste modo, que a surdez determina algo de surdo em tudo o que expressa uma subjetividade marcada por ela como condição primordial de distinção.

Palavras-chave : Surdez; Surdos; Forma de vida; Marcadores culturais; Educação de surdos.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )