SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34NOTAS EM EDUCAÇÃO PARA A PEDAGOGIA DA LIBERTAÇÃO NAS TRADIÇÕES PAN-AFRICANAS /INTELECTUAIS NEGRAS índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Educação em Revista

versão impressa ISSN 0102-4698versão On-line ISSN 1982-6621

Resumo

MIRANDA, Shirley Aparecida de  e  LOZANO, Susy RocÍo Contendo. QUANDO A DIÁSPORA AFRICANA INTERPELA A EDUCAÇÃO: APROXIMAÇÕES ENTRE BRASIL E COLÔMBIA. Educ. rev. [online]. 2018, vol.34, e200184.  Epub 23-Nov-2018. ISSN 0102-4698.  http://dx.doi.org/10.1590/0102-4698200184.

A presença africana é constitutiva do continente americano, mas permanece circunscrita a uma hierarquia racial. Esse processo, caracterizado pelo epistemicídio reverbera-se na educação escolar que integrou os processos de dominação à custa da negação culturas, línguas, narrativas. Práticas discursivas que se sustentam em dispositivos de políticas educacionais para o reconhecimento da presença negra no continente americano consistem no tema desse artigo. O conceito de diáspora oferece aporte analítico para focalizarmos esses dispositivos na prática discursiva dos movimentos negros e afrodescendentes. No primeiro tópico, abordamos, a partir dos procedimentos da tradução intercultural, as aproximações entre Brasil e Colômbia nas disputas dos movimentos negros e afrodescendentes pela educação. Em seguida, analisamos demandas desses movimentos convertidas em políticas de educação, sob a égide da diversidade. Por fim, identificamos reverberações das políticas de diversidade que permitem nomear as lógicas que estruturam a educação escolar e ampliar o repertório de entendimento do mundo.

Palavras-chave : Educação; Diáspora africana; Interculturalidade; Brasil; Colômbia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )