SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue4Diagnosis, staging and treatment of pancreatic adenocarcinomaMetastatic melanoma of the stomach author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva (São Paulo)

Print version ISSN 0102-6720

Abstract

FONSECA-NETO, Olival Cirilo Lucena da. Falência hepática fulminante: etiologia, manejo e indicação para o transplante de fígado. ABCD, arq. bras. cir. dig. [online]. 2008, vol.21, n.4, pp. 201-204. ISSN 0102-6720.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-67202008000400009.

INTRODUÇÃO: Falência hepática fulminante (FHF) é síndrome que se caracteriza pelo desenvolvimento de dano hepático com diminuição da capacidade sintética e encefalopatia em pacientes com função hepática normal prévia ou pelo menos com doença hepática compensada oculta. É uma das mais desafiantes emergências gastrointestinais encontradas na prática clínica e envolve padrão de sintomas clínicos e respostas fisiopatológicas associadas com a rápida parada da função hepática normal. MÉTODOS: Realizou-se revisão bibliográfica de artigos científicos publicados e disponíveis no Pub-Med, através do site www.pubmed.com cruzando-se os descritores: falência hepática fulminante, transplante de fígado, hepatite. FHF permanece síndrome potencialmente devastadora com alta taxa de mortalidade. O bom manejo é multidisciplinar e mais do que 50% dos pacientes recebem transplante de fígado, com sobrevida em torno de 75-90%. CONCLUSÃO: Apesar das opções terapêuticas especificas nas causas distintas, o transplante ortotópico de fígado é a única terapêutica que proporciona melhora da sobrevida na maioria dos pacientes. A utilização dos sistemas hepáticos artificiais em pacientes com FHF até o momento ainda não recompensa.

Keywords : Falência hepática aguda; Transplante de fígado; Hepatite.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese