SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue4Fulminant hepatic failure: etiology, management and indications for liver transplantationIncidental finding of agenesis of the left hepatic lobe in a patient with acute cholecystitis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva (São Paulo)

Print version ISSN 0102-6720

Abstract

ROCHA, Marcelo Eustáquio; RODRIGUES, Gilberto Pedro; BORGES, Samir Almeida  and  SANTIAGO, Fernando Gusmão. Melanoma metastático do estômago. ABCD, arq. bras. cir. dig. [online]. 2008, vol.21, n.4, pp.205-207. ISSN 0102-6720.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-67202008000400010.

INTRODUCTION: O melanoma metastático do estômago é entidade relativamente rara e de diagnóstico incomum em vida. A cirurgia é o tratamento de escolha, pois alivia os sintomas em mais de 90% dos casos e aumenta a sobrevida a longo prazo. OBJETIVO: Relatar um caso de melanoma metastático do estômago, submetida à ressecção curativa e que evoluiu sem sinais de doença residual. RELATO DO CASO: Mulher de 50 anos apresentou mancha escura em leito ungueal de dedo polegar de mão direita há dois anos, evoluindo com ulceração e sangramento. A biópsia diagnosticou neoplasia melanocítica ungueal compatíveis com melanoma lentiginoso e confirmado pela imunohistoquímica que apresentou células pigmentadas HMB-45 positivas. Após um ano e meio a paciente evoluiu com metástase de melanoma em coxa esquerda e extensa lesão escavada em pequena curvatura gástrica, cuja biopsia foi compatível com melanoma metastático do estômago. Hemograma com discreta anemia (Hb: 11,1 e Ht: 33%) e LDH: 333 U/L. A paciente foi submetida à gastrectomia total com reconstrução em Y de Roux. Houve boa evolução e no 6º dia de pós-operatório teve alta hospitalar. Atualmente, no 12º mês de seguimento, a paciente permanece sem queixas, com alívio completo dos sintomas e com todos os exames de controle normais. CONCLUSÃO: O tratamento cirúrgico deve ser sempre considerado no melanoma metastático do trato gastrointestinal, pois o procedimento possui baixa morbidade e mortalidade, além de proporcionar alívio dos sintomas com melhora da qualidade de vida e aumento da sobrevida a longo prazo.

Keywords : Trato gastrointestinal; Melanoma; Cirurgia.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License