SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número1A presença de tumor bilobar deve ser considerado novo limite para exclusão de transplante em pacientes que excedem os critérios de Milão?Análise informatizada dos resultados obtidos pela aplicação de protocolo eletrônico na microcirurgia endoscópica transanal (TEM) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva (São Paulo)

versão impressa ISSN 0102-6720

Resumo

LIMA, Walter Celso de et al. Análise da relação entre a estatura e o perímetro abdominal em indivíduos portadores de percentuais normais de gordura. ABCD, arq. bras. cir. dig. [online]. 2010, vol.23, n.1, pp.24-28. ISSN 0102-6720.  https://doi.org/10.1590/S0102-67202010000100007.

RACIONAL: No indivíduo portador de obesidade há evidentes alterações morfofuncionais, que caracterizam a síndrome. São empregados vários parâmetros e índices perimétricos na análise de suas medidas antropométricas, que possuem relação com as alterações endocrinometabólicas. Muitos destes índices são aplicados de forma generalizada à população de uma maneira geral. OBJETIVO: Verificar a existência de uma razão cintura-estatura comum em indivíduos masculinos, de 18 a 25 anos de idade, portadores de percentuais de gordura normais, para fornecer modalidade de medida da cintura (perímetro) abdominal personalizada e não generalizada. MÉTODOS: Foram selecionados de forma não probabilística intencional 380 sujeitos do sexo masculino, da faixa etária entre 18 e 45 anos, estratos de estatura de 160 a 169 cm, 170 a 179 cm e de 180 a 189 cm, do banco de dados do Ambulatório da Clínica Escola da empresa IBRATE - Instituto Brasileiro de Therapias e Ensino, sede de Curitiba/PR, com dados inclusos entre os anos de 2004 a 2008. Desta população foram triados 174 indivíduos, da faixa etária entre 18 e 25 anos, possuidores de percentuais de gordura dentro da faixa de normalidade, ou seja, entre 4% e 16% de gordura. Foi determinado coeficiente de correlação de Pearson (r) entre o percentual de gordura e o perímetro abdominal; foi determinada a média e o desvio-padrão de todas as variáveis dispostas, e o intervalo de confiança para 95% para média do perímetro abdominal e as razões cintura-estatura da população foram transcritos em percentuais, e determinadas as médias do perímetro abdominal. RESULTADOS: A análise da amostra de 174 indivíduos resultou estarem na faixa etária de 21,2 + 2,1 anos; com estatura de 174,3 + 6,2 cm; com percentual de gordura de 10,8 %; com medida do perímetro abdominal de 75,5 + 5,7 cm e com a razão cintura/estatura apresentando o valor de 0,43 + 0,033. CONCLUSÃO: Existe relação comum da razão cintura-estatura entre indivíduos do sexo masculino de faixa etária entre 18 e 25 anos portadores de percentual normal de gordura de 43% do valor de sua estatura.

Palavras-chave : Obesidade; Adiposidade abdominal; Síndrome metabólica.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons