SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue2Depopulation of interstitial cells of cajal in chagasic megacolon: towards tailored surgery? author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva (São Paulo)

Print version ISSN 0102-6720

Abstract

GAMA FILHO, Ozimo et al. Imunossupressão com tacrolimus favorece a regeneração hepática induzida por hepatectomia extensa em ratos. ABCD, arq. bras. cir. dig. [online]. 2010, vol.23, n.2, pp.74-80. ISSN 0102-6720.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-67202010000200003.

RACIONAL: A regeneração hepática representa o resultado de respostas fisiológicas que ocorrem após perdas de parênquima, como consequência de agressões tóxico-medicamentosas, infecciosas, traumáticas ou cirúrgicas. OBJETIVO: Avaliar, em dois momentos distintos da regeneração hepática, a influência do tacrolimus sobre o fenômeno da regeneração hepática desencadeada pela ressecção de 70% do parênquima hepático em ratos plenamente desenvolvidos. MÉTODO: Utilizaram-se 40 ratos Wistar com peso médio de 510,08 g ± 11.66 g divididos aleatoriamente em dois grupos de 20 (Estudo e Controle), cada grupo subdividido em dois subgrupos conforme o dia da morte após a hepatectomia (24 horas e 7 dias). De acordo com o grupo os animais receberam por gavagem, diariamente, iniciando três dias antes da hepatectomia e prolongando-se por todo o período de observação, solução aquosa de tacrolimus 0,1 mg/kg/dia ou solução salina no mesmo volume. Após três dias de pré-terapia todos foram submetidos à hepatectomia de 70% pela ressecção dos lobos hepáticos mediano e lateral esquerdo que foram pesados para posterior cálculo da regeneração hepática pela fórmula de Kwon. Vinte e quatro horas ou sete dias após a hepatectomia, 10 animais de cada grupo foram mortos, os fígados remanescentes (regenerados) foram pesados e amostrados para realização de índice mitótico por hematoxilina-eosina e estudo imunoistoquímico com os marcadores PCNA e Ki-67. RESULTADOS: Os animais que receberam tacrolimus mostraram índice maior de regeneração hepática, atingindo significância estatística quando comparado ao subgrupo de animais mantidos com placebo quando analisados pelos parâmetros: fórmula de Kwon, índice mitótico e marcador PCNA. A tendência para o marcador Ki-67 foi idêntica aos outros parâmetros, mas não alcançou significância estatística. CONCLUSÕES: A imunossupressão com tacrolimus possui efeito estimulante no processo de regeneração hepática desencadeado pela hepatectomia 70% em ratos Wistar adultos, plenamente desenvolvidos.

Keywords : Tacrolimo; Hepatectomia; Regeneração hepática.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License