SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 issue2CURRENT STATUS OF THE MULTIDISCIPLINARY TREATMENT OF GASTRIC ADENOCARCINOMABARIATRIC DIET GUIDE: PLATE MODEL TEMPLATE FOR BARIATRIC SURGERY PATIENTS author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva (São Paulo)

Print version ISSN 0102-6720On-line version ISSN 2317-6326

Abstract

PASSOS, Márcio Alexandre Terra; CHAVES, Fernanda Correa  and  CHAVES-JUNIOR, Nilson. A IMPORTÂNCIA DA COLONOSCOPIA NAS DOENÇAS INFLAMATÓRIAS INTESTINAIS. ABCD, arq. bras. cir. dig. [online]. 2018, vol.31, n.2, e1374.  Epub July 02, 2018. ISSN 2317-6326.  https://doi.org/10.1590/0102-672020180001e1374.

Introdução:

A avaliação endoscópica, em particular da macroscopia das mucosas e resultados histológicos de biópsias ileocolônicas, é essencial para o manuseio da doença inflamatória intestinal. A aparência endoscópica nem sempre é suficiente para diferenciar doença de Crohn e colite ulcerativa, porém existem algumas características que favorecem um ou outro diagnóstico. Ambas as doenças apresentam um aumento de incidência de carcinoma colorretal, assim, a colonoscopia de vigilância é importante para detectar lesões neoplásicas iniciais.

Objetivo:

Revisar o papel da endoscopia na avaliação, diagnóstico e prognóstico de doença inflamatória intestinal.

Método:

Foram pesquisados artigos científicos do banco de dados TRIP, escolhidos a partir de questões clínicas (PICO) com os seguintes descritores: “doença inflamatória intestinal”, “endoscopia/colonoscopia”, “doença de Crohn/colite ulcerativa” e “diagnóstico/tratamento”.

Resultados:

A investigação endoscópica em pacientes com colite crônica é bastante precisa para o diagnóstico diferencial entre colite ulcerativa e doença de Crohn. Ela é indicada na colite ulcerativa durante as crises graves de doença, por seu valor prognóstico. Outra indicação aceita na doença inflamatória intestinal é a sua utilização no rastreio da lesão displásica .

Conclusão:

A Ileocolonoscopia permite diagnóstico preciso da doença de Crohn ou colite ulcerativa em até cerca de 90% dos casos. A cicatrização da mucosa avaliado por endoscopia após tratamentos, apesar de não ser consenso, ainda é o padrão-ouro na avaliação da remissão da doença.Colonoscopia é essencial para a vigilância do câncer em longo prazo. Futuramente a realização de Confocal Laser Endomicroscopy parece ser promissora na avaliação da displasia inicial.

Keywords : Doença inflamatória intestinal; Endoscopia; Colonoscopia; Doença de Crohn; Colite ulcerativa..

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )