SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue1SURVIVAL AND PERIOPERATIVE MORBIDITY OF TOTALLY LAPAROSCOPIC VERSUS OPEN GASTRECTOMY FOR EARLY GASTRIC CANCER: ANALYSIS FROM A SINGLE LATIN AMERICAN CENTRE author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva (São Paulo)

Print version ISSN 0102-6720On-line version ISSN 2317-6326

Abstract

REZENDE, Achiles Queiroz de Monteiro et al. DUODENOPANCREATECTOMIA: IMPACTO DA TÉCNICA NOS RESULTADOS OPERATÓRIOS E MORTALIDADE CIRÚRGICA. ABCD, arq. bras. cir. dig. [online]. 2019, vol.32, n.1, e1412.  Epub Jan 07, 2019. ISSN 2317-6326.  https://doi.org/10.1590/0102-672020180001e1412.

Racional :

A duodenopancreatectomia (DP) é procedimento associado com significativa morbimortalidade. Inicialmente descrita como gastroduodenopancreatectomia (GDP), a possibilidade de preservação do antro gástrico e piloro foi descrita na década de 1970.

Objetivo :

Avaliar a mortalidade e variáveis operatórias da DP com ou sem preservação pilórica e correlacioná-las com a técnica adotada e indicação cirúrgica.

Método:

Estudo de coorte histórica, baseado em análise de dados de registros médicos de indivíduos submetidos à DP entre os anos de 2012 a 2017. Foram analisadas variáveis demográficas, antropométricas e operatórias e correlacionadas com a técnica adotada (GDP vs. DP) e a indicação cirúrgica.

Resultados :

Dos 87 indivíduos avaliados, 38 (43,7%) foram submetidos à GDP e 49 (53,3%) à DP. A frequência de realização da GDP (62,5%) foi significativamente maior entre os pacientes com neoplasia de pâncreas (p=0,04). O tempo de internação total foi significativamente menor entre os indivíduos submetidos à ressecção por neoplasias de comportamento menos agressivo (p=0,04). A mortalidade cirúrgica foi de 10,3%, não havendo diferença entre GDP e DP. A mortalidade foi significativamente maior entre os indivíduos submetidos à ressecção por pancreatite crônica (p=0,001).

Conclusão :

Não houve diferenças na morbimortalidade, tempo cirúrgico, sangramento ou tempo de internação entre GDP e DP. A neoplasia de cabeça de pâncreas associou-se mais com indicação de GDP. A ressecção de neoplasias menos agressivas associou-se a menor morbimortalidade.

Keywords : Pancreaticoduodenectomia; Ampola hepatopancreática; Pâncreas; Pancreatite crônica; Neoplasias pancreáticas.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )