SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 issue4EFFECT OF SUPPLEMENTATION WITH PROBIOTICS ON COLONIC ANASTOMOSES IN RATS: MORPHOLOGICAL AND TENSIOMETRIC STUDYGASTRECTOMY IN OCTOGENARIANS WITH GASTRIC CANCER: IS IT FEASIBLE? author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva (São Paulo)

Print version ISSN 0102-6720On-line version ISSN 2317-6326

Abstract

WATANABE, André Luís Conde  and  MATIAS, Jorge Eduardo Fouto. A ASSOCIAÇÃO DE TACROLIMUS E MICOFENOLATO MOFETIL ALTERA A CICATRIZAÇÃO DA PAREDE ABDOMINAL? ESTUDO EM RATOS SUBMETIDOS À ISQUEMIA E REPERFUSÃO RENAL. ABCD, arq. bras. cir. dig. [online]. 2020, vol.33, n.4, e1551.  Epub Jan 25, 2021. ISSN 2317-6326.  https://doi.org/10.1590/0102-672020200004e1551.

Racional:

O tacrolimus e o micofenolato mofetil são imunossupressores amplamente utilizados no pós-operatório dos transplantes de órgãos.

Objetivo:

Avaliar os efeitos deles sobre a cicatrização da parede abdominal em ratos.

Métodos:

Foram utilizados 36 ratos Wistar, distribuídos aleatoriamente em três grupos de 12. No pós-operatório imediato, quatro do grupo controle e três do grupo experimentação morreram. Os três grupos receberam as seguintes denominações: grupo controle (GC, n=8); grupo I (GI, n=11, operação-padrão, micofenolato mofetil e tacrolimus); grupo II (GII, n=10, operação-padrão, micofenolato mofetil e tacrolimus). A operação-padrão consistiu de nefrectomia total à direita, isquemia durante 20 min seguida de reperfusão do rim esquerdo. Solução de NaCl 0,9% e micofenolato mofetil + tracolimus foram administradas a partir do 1° dia do pós-operatório e mantidas até o dia do sacrifício dos animais, no 14° dia. Na data do sacrifício, foram retirados dois fragmentos da parede abdominal para análise da resistência à ruptura e exame histológico.

Resultados:

Não houve diferença estatisticamente significativa no índice de infecção de ferida operatória (p=0,175), nos valores de resistência de ruptura e nos achados histopatológicos entre os três grupos de animais.

Conclusão:

Os esquemas de imunossupressão empregados associados ao fenômeno da isquemia-reperfusão renal não induzem fraqueza significativa da cicatriz da parede abdominal em ratos no 14° dia de pós-operatório.

Keywords : Cicatrização; Parede abdominal; Tacrolimo; Ácido Micofenólico.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )