SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número55Crime, oportunidade e vitimizaçãoProdução legislativa e preferências eleitorais na Comissão de Agricultura e Política Rural da Câmara dos Deputados índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909versão On-line ISSN 1806-9053

Resumo

FREITAS, Renan Springer de. A saga do ideal de boa ciência. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2004, vol.19, n.55, pp.91-105. ISSN 1806-9053.  https://doi.org/10.1590/S0102-69092004000200006.

O colapso do ideal baconiano de boa ciência, o subseqüente insucesso dos empiristas do Círculo de Viena em estabelecer um ideal substituto e a pertinência da crítica de Pierre Duhem ao ideal racionalista levaram a reflexão sobre o que é boa ciência a subordinar-se a uma análise naturalística do processo de aquisição de conhecimento ou, simplesmente, a dissolver-se em uma sociopsicologia do conhecimento. Sugere-se que nenhuma dessas formas de capitulação seja necessária. A reflexão sobre o que é boa ciência, ou, para usar um termo mais familiar, a metodologia, pode reencontrar seu caminho se assumir a posição que, por assim dizer, lhe é de direito: a de carro-chefe da história da ciência. Argumenta-se que a metodologia foi conduzida ao fundo de um poço do qual não há mais como sair a não ser dando um salto vertiginoso, e discute-se a viabilidade deste salto.

Palavras-chave : Metodologia; História da ciência; Naturalismo; Sociologia do conhecimento; Epistemologia.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons