SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número56O trabalho autogestionário em cooperativas de produção: o paradigma revisitadoA eleição presidencial de 2002: a decisão do voto na região da grande São Paulo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909versão On-line ISSN 1806-9053

Resumo

MARTINS, Maurício Vieira. Bourdieu e o fenômeno estético: ganhos e limites de seu conceito de campo literário. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2004, vol.19, n.56, pp.63-74. ISSN 0102-6909.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69092004000300005.

Este artigo discute a contribuição de Pierre Bourdieu para uma sociologia do fenômeno estético, especialmente por meio do exame de seu conceito de campo literário. Num primeiro momento, são apresentados os ganhos da concepção bourdieusiana frente a uma apreensão ingênua do texto literário (que o encara apenas como produto de uma individualidade criadora). Num segundo momento, porém, sustenta-se a idéia de que o texto literário apresenta um "excesso de significação" que o referido autor parece ter dificuldades em captar, pois vincula de modo muito estreito a obra literária ao pertencimento social imediato de seu(s) produtor(es). O artigo se encerra com a proposta de aliar os melhores momentos da instigadora contribuição de Bourdieu com o trabalho de alguns outros pensadores (como W. Benjamin), que também se indagaram acerca da relevância do texto literário como documento fecundo para o entendimento de um certo período histórico.

Palavras-chave : P. Bourdieu; Sociologia da literatura; Teoria estética; W. Benjamin.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons