SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue60"Deprovincializing" sociology: the post-colonial contributionWorld anthropologies: towards a new global scenario in anthropology author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Ciências Sociais

Print version ISSN 0102-6909

Abstract

OLIVEIRA, Isabel de Assis Ribeiro de. O mal-estar contemporâneo na perspectiva de Charles Taylor. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2006, vol.21, n.60, pp. 135-145. ISSN 0102-6909.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69092006000100008.

Este artigo apresenta o argumento de Taylor acerca do mal-estar contemporâneo, cujo foco incide na crítica ao self pontual e à sociedade política daí decorrente. A postulação de uma identidade pessoal apenas possível pela interlocução referida a uma ordem normativa constitui o núcleo da reflexão efetivada, expressando a base do republicanismo de Taylor. Nesta representação da democracia, dou destaque ao conceito de bem comum, derivado de sentimentos e ações partilhadas. Nele incide a conexão entre linguagem e cultura, formulada de modo a conferir um valor intrínseco à cultura, e assim sustentar que o que é comum é um bem. Contesto tal formulação, argumentando ser possível rejeitar o relativismo ético sem recurso ao fundamentalismo, caso se aceite a impossibilidade lógica do reconhecimento de uma alteridade radical.

Keywords : Republicanismo; Charles Taylor; Self; Ordem normativa; Bem comum.

        · abstract in English | French     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese