SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número63O viés majoritário na política comparada: responsabilização, desenho institucional e qualidade democráticaO enigma da democracia em Marx índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909

Resumo

SOUZA, Celina. Coalizões eleitorais e ajuste fiscal nos estados brasileiros. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2007, vol.22, n.63, pp. 31-53. ISSN 0102-6909.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69092007000100004.

Em países federais redemocratizados e que assumiram o ajuste fiscal como prioridade, os estados passaram a jogar um papel importante no controle das contas públicas. Este artigo discute o impacto de políticas restritivas de gasto sobre os resultados eleitorais para o Executivo estadual e questiona a hipótese de que a política estadual no Brasil é movida apenas por lógicas clientelistas, pela manutenção de políticas que não afetam o status quo (política tradicional) e pelo uso dos recursos públicos para sustentá-las. Argumento que a política estadual é influenciada por lógicas diversas, as quais permitem aos políticos estaduais conciliarem a adoção de políticas restritivas de gasto com vitórias eleitorais. Três estados foram selecionados para testar essas hipóteses: Bahia, Ceará e Paraná.

Palavras-chave : Política estadual; Ajuste fiscal; Coalizões eleitorais.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · pdf em Português