SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número65Temas sobre a organização dos intelectuais no BrasilIntegração e diferença em encontros disciplinares índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909versão On-line ISSN 1806-9053

Resumo

JACKSON, Luiz Carlos. Tensões e disputas na sociologia paulista (1940-1970). Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2007, vol.22, n.65, pp.33-49. ISSN 0102-6909.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69092007000300004.

Este artigo interpreta as décadas de formação da sociologia paulista (1940-1970) a partir das principais disputas entre instituições, grupos e atores ocorridas nesse contexto, unificado pela tentativa de explicar a recalcitrante modernização brasileira. Nessa direção, as sociologias específicas progressivamente constituídas eram antes perspectivas de análise do que especialidades propriamente ditas. Esta exposição toma como referência pares de alternativas, em torno dos quais se divergia então: ensaio e ciência, pensamento radical e conservador, teoria e pesquisa empírica, interpretações totalizadoras e dualistas, sociologia do desenvolvimento e da cultura. Com base nessas oposições, que não devem ser compreendidas rigidamente, as tensões constitutivas do período são demarcadas.

Palavras-chave : Sociologia paulista; Intelectuais; Ensaio; Ciência; Disputas acadêmicas.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons