SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número65A sociologia da religião como recapitulação da teologia cristã: Weber e as raízes proféticas do racionalismo ocidental índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909versão On-line ISSN 1806-9053

Resumo

BANCK, Geert A.. Memórias e tradições: cultura política - Brasil versus Holanda. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2007, vol.22, n.65, pp.127-138. ISSN 0102-6909.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69092007000300010.

Neste artigo pretendo delinear certas continuidades na cultura política do Brasil e da Holanda. Compromisso e consciência são dois conceitos que permearam esta reflexão, pois os considero cruciais para pensar as diferenças entre nossas culturas políticas. Na Holanda, compromisso é a palavra-chave do sistema de negociações institucionais e de nossa sociabilidade, em contraponto ao uso mais corriqueiro e individual que assume no Brasil. Quanto ao segundo termo, a diferença fica evidente se observarmos que, na Holanda, a colocação corrente desse termo no contexto político é consciência limpa, em vez de consciência tranqüila, no caso brasileiro, ou seja, de um lado, uma consciência de si mesmo perante Deus e/ou de si mesmo, de outro, uma consciência presa nas teias das relações sociais.

Palavras-chave : Cultura política; Identidade nacional; Memória coletiva; História de mentalidades.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons