SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número66Dom, amor e dinheiro no futebol de espetáculoViolência e gênero: novas propostas, velhos dilemas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909versão On-line ISSN 1806-9053

Resumo

CAILLE, Alain. Reconhecimento e sociologia. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2008, vol.23, n.66, pp.151-163. ISSN 0102-6909.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69092008000100010.

Este texto procura demonstrar que o tema do reconhecimento é essencial à redefinição da teoria sociológica. Para isto, procede a uma releitura de alguns clássicos da sociologia para demonstrar que em todos eles a questão do reconhecimento está mais ou menos implícita. Em seguida, o autor busca demonstrar que a complexidade do tema do reconhecimento está no seu duplo registro, um positivo - a admissão de um fato, de uma pessoa - e outro normativo - que se abre para as dimensões do amor, do respeito e da auto-estima - enfim, para todo um contexto moral subjacente à dimensão positiva. Para ele, se a economia clássica se erigiu sobre a idéia do valor-mercadoria, a sociologia pode se renovar a partir de um valor-social que apenas ganhará visibilidade quando se conceber o Homem como valor. Enfim, propõe Caillé, reconhecer é admitir que houve um dom, que somos devedores daquele que o fez e que continuamos interagindo com ele. Pois se reconhecer uma pessoa é admitir seu valor social e lhe oferecer qualquer coisa em retorno, então o que é reconhecido socialmente é a existência de um dom.

Palavras-chave : Teoria sociológica; Reconhecimento; Valor social; Dádiva.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons