SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue74Lusotopy as EcumeneThe basis of Lulismo: the return of personalism, ideological realignment or non-alignment? author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Ciências Sociais

Print version ISSN 0102-6909

Abstract

RIBEIRO, Gustavo Lins. A globalização popular e o sistema mundial não hegemônico. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2010, vol.25, n.74, pp. 21-38. ISSN 0102-6909.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69092010000300002.

Existe uma globalização econômica não-hegemônica formada por mercados populares e fluxos de comércio animados, em grande medida, por gente do povo e não por representantes das elites. Essas atividades são consideradas ilegais, "contrabando", e as mercadorias, produtos piratas. Tais redes comerciais são ilegítimas do ponto de vista dos poderosos, que as combatem em nome da legalidade. Este artigo discute o que é legal/ilegal, lícito/ ilícito, lançando mão da noção de (i)lícito para dar conta das ambivalências e das contradições neste domínio. Cunho a noção de sistema mundial não-hegemônico, analiticamente dividido em duas esferas interconectadas: o "crime organizado global" e a "globalização popular". Por fim, faço considerações sobre as razões da existência da globalização popular e a formação do preço de suas mercadorias.

Keywords : Transnacionalismo; Pirataria; Falsificações; Contrabando.

        · abstract in English | French     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese