SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número75São Paulo no segundo pós-guerra: imprensa, mercado editorial e o campo da cultura na cidadeDesenvolvimento, pós-estruturalismo e pós-desenvolvimento: a crítica da modernidade e a emergência de "modernidades" alternativas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909

Resumo

BRITO, Simone Magalhães; MORAIS, Jorge Ventura de  e  BARRETO, Túlio Velho. Regras de jogo versus regras morais: para uma teoria sociológica do fair play. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2011, vol.26, n.75, pp.133-146. ISSN 0102-6909.  https://doi.org/10.1590/S0102-69092011000100008.

O objetivo deste trabalho é apresentar e discutir as dificuldades presentes na tentativa de construir uma explicação sociológica da ideia de fair play, sobretudo nos esportes. Como é possível que esportes tão diferentes em termos de suas regras de contato corporal possam fazer uso do mesmo princípio para resolver problemas não determinados em suas regras específicas? Figurações sociais tão distintas quanto as estabelecidas no badminton ou no boxe, nas situações oficiais ou nas "brincadeiras", também requerem a mesma virtude. Qual seria, pois, a explicação sociológica para a universalidade do fair play? Neste trabalho, procuramos demonstrar como a resposta a essas questões requer um debate dos fundamentos da teoria sociológica e aponta igualmente para a necessidade de se desenvolver os fundamentos de uma sociologia da moralidade.

Palavras-chave : Moralidade; fair play; teoria crítica; sociologia figuracional; Jogo.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons