SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue78Housing, work, and urban life: zones of undifferention?Local governance for forest management in the Amazon author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Ciências Sociais

Print version ISSN 0102-6909

Abstract

REGO, Ximene  and  FERNANDES, Luís. As falas do medo: convergências entre as cidades do Porto e Rio de Janeiro. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2012, vol.27, n.78, pp. 51-65. ISSN 0102-6909.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69092012000100004.

Tendo como ponto de partida o enigma do paradoxo da insegurança (a ausência de correspondência na variação entre a taxa de criminalidade e o sentimento de insegurança) é proposta uma reflexão em torno das falas do medo produzidas no Porto e no Rio de Janeiro, onde se desenvolveu trabalho de campo. Nesse sentido, são analisadas dimensões presentes no discurso da (in)segurança: as representações dos lugares tidos como perigosos e a relação que se vai elaborando entre centralidades e espaços intersticiais; a construção de um imaginário povoado de figuras da ameaça; as estratégias securitárias mobilizadas para organizar o quotidiano num espaço público percebido como predatório. As falas e as práticas registadas expressam pontos de contacto nas estratégias a que recorrem para acentuar a "perigosidade" da cidade, sempre mais intensas no Rio de Janeiro, mas igualmente presentes no material produzido a partir do Porto; paralelos que, mais do que a partir das taxas de criminalidade divulgadas ou da experiência direta, se engendram na relação com a cidade - com os seus lugares e os seus atores - permitindo, mesmo num cenário tão desigual, uma aproximação discursiva.

Keywords : Sentimento de insegurança; narrativas; etnografia; Porto; Rio de Janeiro.

        · abstract in English | French     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese