SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número79Autoria, autenticidade e apropriação: reflexões a partir da pintura aborígine australianaTrocando em miúdos: gênero e sexualidade na TV a partir de Malu Mulher índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909

Resumo

GOMES JUNIOR, Guilherme Simões. Arte da paisagem e viagem pitoresca: romantismos entre academia e mercado. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2012, vol.27, n.79, pp.107-123. ISSN 0102-6909.  https://doi.org/10.1590/S0102-69092012000200007.

O artigo tem como centro o eixo Paris-Rio de Janeiro, estabelecido pela circulação de artistas e letrados, após a transferência da corte portuguesa para o Brasil, que configurou um sistema de duas colônias de franceses e brasileiros posicionados nos dois lados do Atlântico, sob a proteção de diplomatas e homens de Estado que atentaram para a importância simbólica da paisagem e de suas representações. Em torno desse eixo a análise abre-se para uma face da cultura da época romântica, na qual a experiência da paisagem foi definidora. Entre as rotinas da formação acadêmica e a expansão do mercado de bens artísticos, a pintura de paisagem foi, de um lado, contida e, de outro, promovida. O gênero editorial da viagem pitoresca e os panoramas responderam ao apelo por representações mesológicas em um mundo que se redesenhava pela urbanização e pelas conquistas ou traslados de Estados ou dinastias que se reposicionavam em velhos ou novos territórios.

Palavras-chave : Paisagem; Viagem pitoresca; Brasil pitoresco; Panoramas; Academias.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons