SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número83Estado e desigualdade de renda no Brasil: fluxos de rendimentos e estratificação socialModernidade periférica e descolonização epistêmica: a contribuição do marxismo paulista índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909

Resumo

PERISSINOTTO, Renato. Comparação, história e interpretação: por uma ciência política histórico-interpretativa. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2013, vol.28, n.83, pp.151-165. ISSN 0102-6909.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69092013000300010.

Este texto pretende responder três questões: 1) como podemos definir exatamente o procedimento comparativo; 2) como operacionalizá-lo; 3) seria a busca de relações de causalidade o fim único da pesquisa em ciência política ou seria necessário ainda complementá-la com um procedimento interpretativo? Inicialmente, o texto apresenta o que entendemos por comparação e discute as possibilidades e os limites de sua aplicação nas ciências sociais; em seguida, aponta as vantagens teóricas da análise comparativa de poucos casos baseada em uma perspectiva histórica; por fim, defende que o procedimento comparativo não esgota o empreendimento científico nas ciências sociais, já que revelar as causas dos fenômenos sociais não implica revelar como eles são produzidos. Por essa razão, acreditamos que uma perspectiva compreensiva é complementar (e não antagônica) à análise causal comparativa.

Palavras-chave : Comparação; História; Interpretação; Causalidade; Ciência Política.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons