SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número86A letra e o mito contribuições de pau Brasil para a consagração bandeirante nos anos de 1920Entre o pig e o mensalão mitologia política e realidade contemporânea índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909

Resumo

DAGNINO, Renato. A anomalia da política de ciência e tecnologia. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2014, vol.29, n.86, pp.45-55. ISSN 0102-6909.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69092014000300004.

Na periferia do capitalismo, a política de ciência e tecnologia (PCT) resulta de duas dinâmicas. A primeira, de natureza genérica, é inerente à sua qualidade de política pública e pode ser encontrada "em estado puro" nos países avançados e é responsável pela anomalia de sua PCT. A segunda dinâmica, específica de países periféricos, imprime à PCT uma atipicidade: os atores envolvidos na sua implementação, em virtude do respectivo contexto socioeconômico e político, manifestam comportamentos sistematicamente divergentes daqueles observados e modelizados nos países avançados. O artigo argumenta que tal anomalia tem sua origem nos mitos da neutralidade e do determinismo da tecnociência que a acompanham desde quando o Estado decide influenciar a mudança tecnológica e a formação de pesquisadores.

Palavras-chave : Política de ciência e tecnologia; Processo decisório; Neutralidade; Determinismo.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons