SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número88Movimentos sociais e instituições participativas: Efeitos do engajamento institucional nos padrões de ação coletivaDesafios ontológicos e epistemológicos para os métodos mistos na ciência política índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909versão On-line ISSN 1806-9053

Resumo

ROCHA, Humberto José da  e  PASE, Hemerson Luiz. O conflito social e político nas hidrelétricas da bacia do Uruguai. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2015, vol.30, n.88, pp.99-113. ISSN 0102-6909.  http://dx.doi.org/10.17666/308899-113/2015.

No Brasil, a geração de energia é proveniente sobretudo de fonte hidrelétrica, exigindo a construção de obras de infraestrutura que impulsionam um processo social contraditório. Nesse processo, vislumbramos o conflito entre as Sociedades de Propósito Específico (SPEs), proponentes das hidrelétricas, e o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), representante de segmentos das populações locais deslocadas compulsoriamente. Tendo como locusa bacia do Uruguai, no Sul do Brasil, este artigo discute esse conflito no quadro formado por hidrelétricas e reassentamentos. Procuramos compreender a frequência e as motivações da comunidade atingida em participar politicamente de mobilizações contra hidrelétricas após já ter sido remanejada. Para tanto, utilizamos uma metodologia que articula instrumentos qualitativos e quantitativos baseados em pesquisa empírica.

Palavras-chave : Conflito social; Movimento dos Atingidos por Barragens; Reassentamentos; Sociedade de Propósito Específico.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )