SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número91REPRESENTAÇÃO E PARLAMENTO: UMA ABORDAGEM SÓCIO-GENÉTICATRÊS VIVAS AO PROLETARIADO! PARA UMA CONTEXTUALIZAÇÃO DA OBRA GORZIANA DA DÉCADA DE 1960 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909versão On-line ISSN 1806-9053

Resumo

KIRSCH, Heitor Marcos  e  SCHNEIDER, Sergio. VULNERABILIDADE SOCIAL ÀS MUDANÇAS CLIMÁTICAS EM CONTEXTOS RURAIS. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2016, vol.31, n.91, e319106.  Epub 04-Jul-2016. ISSN 0102-6909.  http://dx.doi.org/10.17666/319106/2016.

Este trabalho avaliou uma série de estudos empíricos produzidos em áreas rurais que examinam e relatam os principais aspectos associados às respostas que as pessoas mobilizam no sentido de garantir a subsistência familiar diante dos efeitos adversos das mudanças climáticas. O objetivo é demonstrar que persiste uma imprecisão na literatura no tocante às principais noções que são operadas nessas análises. Imprecisão que acarreta distorções na avaliação dos impactos dos sistemas socioambientais afetados pela variação ou transformação dos ciclos naturais. Alternativas mais promissoras nesse sentido são as que incorporam a noção de cadeias causais, em que o acesso ou restrição ao conjunto de ativos é compreendido como determinante na construção da capacidade adaptativa e nas estratégias de enfrentamento das populações, sobretudo daquelas que vivem em ambientes rurais. A vulnerabilidade é compreendida como uma condição social e situacional, em que conjuntos de fatores endógenos e/ou exógenos, em múltiplas escalas e dimensões, influenciam-se mutuamente.

Palavras-chave : Mudança climática; Vulnerabilidade; Capacidade adaptativa.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )