SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número92AÇÃO SOCIAL DE PENTECOSTAIS E DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA NO BRASIL. O discurso de seus líderesCIÊNCIA E MERCADO. Impasses na institucionalização de práticas empreendedoras em uma universidade pública brasileira índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão On-line ISSN 1806-9053

Resumo

FAHEL, Murilo; TELES, Letícia Ribeiro  e  CAMINHAS, Davy Alves. PARA ALÉM DA RENDA. Uma análise da pobreza multidimensional no Brasil. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2016, vol.31, n.92, e319205.  Epub 31-Out-2016. ISSN 1806-9053.  http://dx.doi.org/10.17666/319205/2016.

O Índice de Pobreza Multidimensional (IPM) foi adotado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e desenvolvido pela Oxford Poverty & Human Development Initiative (OPHI) desde 2010 em consonância com o novo paradigma analítico internacional do fenômeno da pobreza. A metodologia utilizada neste estudo é baseada em Alkire e Foster (2011), que analisa a incidência e a intensidade da pobreza, ou seja, a porcentagem de indivíduos pobres e a distância média que esses indivíduos estão de uma situação de não pobreza. O objetivo é aplicar o IPM ao Brasil, utilizando os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 2002, 2007, 2012 e 2013, produzida pelo IBGE. Os resultados indicam que o IPM no Brasil atinge 6,97% (2002) e 1,95% (2013), demonstrando que há uma tendência de redução entre os anos.

Palavras-chave : Pobreza multidimensional; Incidência; Intensidade; Índice; Brasil.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )