SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número93“VAMOS LUTAR, PARENTES!” As candidaturas indígenas nas eleições de 2014 no BrasilCONFISSÃO E NORMATIVIDADE POLÍTICA: CONTROLE DA SUBJETIVIDADE E PRODUÇÃO DO SUJEITO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão On-line ISSN 1806-9053

Resumo

MIGUEL, Luis Felipe. CAROLE PATEMAN E A CRÍTICA FEMINISTA DO CONTRATO. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2017, vol.32, n.93, e329303.  Epub 19-Dez-2016. ISSN 1806-9053.  http://dx.doi.org/10.17666/329303/2017.

O artigo discute a contribuição de Carole Pateman para a teoria política democrática. A crítica ao instrumento liberal do contrato, presente desde suas primeiras obras, permite entender como relações de subordinação, que reduzem a possibilidade de autonomia dos agentes, transitam de maneira voluntária e consentida. Isso leva Pateman a analisar como a subordinação das mulheres organiza uma ordem política liberal que, no entanto, busca se apresentar como neutra em relação a gênero. Uma análise do enfrentamento de Pateman com seus críticos possibilita observar os limites de sua empreitada teórica, assim como a radicalidade de seu projeto democrático.

Palavras-chave : Teoria democrática; Feminismo; Contrato; Consentimento; Carole Pateman.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )