SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número97INTERNACIONALIZAÇÃO DE MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS INOVADORAS NO BRASIL: Desafios do novo paradigma de desenvolvimentoDETERMINANTES INDIVIDUAIS E DE CONTEXTO DA SIMPATIA PARTIDÁRIA NA AMÉRICA LATINA índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909versão On-line ISSN 1806-9053

Resumo

FONTES, Paulo Vitorino. A LUTA PELO RECONHECIMENTO E O PARADIGMA DA DÁDIVA: UMA PROPOSTA DE ARTICULAÇÃO TEÓRICA. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2018, vol.33, n.97, e339709.  Epub 16-Abr-2018. ISSN 0102-6909.  http://dx.doi.org/10.1590/339709/2018.

Neste artigo pretendemos articular a teoria do reconhecimento de Axel Honneth com a teoria da dádiva, desenvolvida por vários autores, entre os quais Paul Ricoeur, Marcel Hénaff e Alain Caillé. Desse diálogo entre a tradição alemã e a filosofia contemporânea francesa resulta a tese de que uma demanda por reconhecimento é também um sacrifício, uma dádiva. A ideia é a de que uma teoria da dádiva pressupõe o reconhecer e ser reconhecido como sendo uma ordem simbólica da dádiva. Ao articularmos as propostas do reconhecimento agonístico ou por conquista, derivadas da corrente hegeliana com a ideia do mútuo reconhecimento simbólico, concretizado na dádiva, pretendemos completar os estudos do reconhecimento e explorar as suas consequências no pensamento social e político contemporâneo.

Palavras-chave : Reconhecimento; Dádiva; Honneth; Ricoeur; Caillé.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )