SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número99AS DINÂMICAS DO MERCADO ILEGAL DE COCAÍNA NA TRÍPLICE FRONTEIRA ENTRE BRASIL, PERU E COLÔMBIADISCRIMINAÇÃO DE COR E PRECONCEITO RACIAL. TALCOTT PARSONS E HERBERT BLUMER A PARTIR DAS RELAÇÕES RACIAIS DOS ESTADOS UNIDOS índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909versão On-line ISSN 1806-9053

Resumo

LEITE, Rogerio Proença. LABIRÍNTICAS: VENEZA COMO EMPIRIA PARA UMA RAZÃO CEGA. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2019, vol.34, n.99, e349911.  Epub 25-Out-2018. ISSN 0102-6909.  http://dx.doi.org/10.1590/349911/2019.

A reflexão sobre o cotidiano urbano é um convite a se perceber, por entre as frechas do poder constituído e da razão disciplinar, as formas insubmissas e poéticas de apropriação do espaço urbano através do que Michel de Certeau chamou de tática como a arte do sem-poder. A problemática sugerida implica, nos marcos dos estudos urbanos, sermos capazes de desocultar uma cidade vívida, que por vezes habita sob as cidades planejadas e técnicas. Por essa razão, este artigo adota a emblemática cidade de Veneza como experimento de uma empiria para uma razão cega, porque ela é, em muitos aspectos de sua contraditória vida ordinária, uma espécie de anticidade em meio a fluxos globais de pessoas, bens e capital em que está inserida.

Palavras-chave : Espaço urbano; Tática; Veneza; Cotidiano.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )