SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue4Natural products from marine seaweeds and their antioxidant potential author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Farmacognosia

Print version ISSN 0102-695XOn-line version ISSN 1981-528X

Abstract

BIAVATTI, Maique W.; MARENSI, Vanessa; LEITE, Silvana N.  and  REIS, Ademir. Levantamento etnofarmacognóstico em compêndios botânicos de espécies da Mata Atlântica com potencial cosmecêutico. Rev. bras. farmacogn. [online]. 2007, vol.17, n.4, pp.640-653. ISSN 0102-695X.  https://doi.org/10.1590/S0102-695X2007000400025.

A Mata Atlântica é um dos ecossistemas mais ameaçados do planeta, sendo reconhecida como uma área de grande biodiversidade sob alto nível de stress. A área cosmecêutica abrange medicamentos de uso tópico e cosméticos, e o uso de produtos naturais para aplicação externa sempre foi observado em diversas culturas. Este trabalho trata de uma análise etnofarmacognóstica de dois compêndios botânicos (CB): Dicionário das Plantas Úteis do Brasil - e das exóticas cultivadas, compilado por Pio Correa (PC) e Flora Ilustrada Catarinense (FIC). Destes compêndios, foram selecionadas espécies com uso cosmecêutico ou com características fisico-químicas e organolépticas relacionadas. Essas espécies selecionadas foram analisadas quanto à validade da nomenclatura botânica e a ocorrência de publicação científica, e quanto ao risco de extinção. PC e FIC apontaram que 245 espécies vegetais, pertencendo a 98 famílias, possuem uso cosmecêutico no Brasil. As famílias mais citadas foram: Asteraceae, Fabaceae, Myrtaceae, Annonaceae, Clusiaceae, Anacardiaceae, Apiaceae, Bignoniaceae e Solanaceae. As partes usadas mais citadas foram cascas, folhas e partes aéreas. As propriedades mais citadas foram efeito tônico e adstringente, seguido de efeito cicatrizante, emoliente, antiinflamatório, antiúlcera, anti-séptico, parasiticida e clareador da pele. De acordo com a pesquisa bibliográfica no Pubmed, a maioria das espécies selecionadas (65%) não foi investigada farmacológica e quimicamente.

Keywords : Mata Atlântica; cosmecêuticos; etnobotânica.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License