SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue2Hypnotic effect of ecdysterone isolated from Pfaffia glomerata (Spreng.) PedersenSpasmolytic activity of lapachol and its derivatives, α and β-lapachone, on the guinea-pig ileum involves blockade of voltage-gated calcium channels author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Farmacognosia

Print version ISSN 0102-695X

Abstract

PIZZOLATTI, Moacir G. et al. Atividade tripanocida de cumarinas e estiril-2-pironas de Polygala sabulosa A.W. Bennett (Polygalaceae). Rev. bras. farmacogn. [online]. 2008, vol.18, n.2, pp. 177-182. ISSN 0102-695X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-695X2008000200006.

A bioatividade das frações e compostos obtidos de Polygala sabulosa contra as formas epimastigota, tripomastigota sanguínea e amastigota de Trypanosoma cruzi foram avaliadas in vitro. Frações diclorometano e acetato de etila mostraram potente atividade tripanocida sob as formas epimastigotas (IC50 < 10,4 µg/mL). Análises por cromatografia em camada delgada destas frações confirmaram a presença de compostos previamente descritos (dihidroestiril-2-pironas, estiril-2-pironas e 6-metoxi-7-preniloxicumarina). Após o fracionamento da fração diclorometano por cromatografia em coluna, obteve-se o composto α-espinasterol e da fração acetato de etila obtiveram-se os compostos apigenina, quercetina e uma quercetina-3- O-glicosídeo, todos descritos pela primeira vez para o gênero Polygala. 4-metoxi-6-(11,12-metilenodioxi-14-metoxidihidroestiril)-2-pirona, 4-metoxi-6-(11,12-dimetoxi-14-metoxiestiril)-2-pirona, 6-metoxi-7-preniloxicumarina e quercetina-3- O-glicosídeo mostraram fraca atividade contra a forma tripomastigota sanguínea (IC50 < 1008,6 µg/mL). A cumarina prenilada foi o composto mais ativo contra ambas as formas epimastigota e tripomastigota, com IC50 10,5 e 88,2 µg/mL, respectivamente. A atividade hemolítica e a toxicidade celular de cada composto foram também avaliadas. Além disso, 4-metoxi-6-(11,12-metilenodioxi-14-metoxidihidroestiril)-2-pirona e 6-metoxi-7-preniloxicumarina reduziram em quatro vezes a infecção em ratos por Vero Cells nas concentrações de 100 e 50 µg/mL respectivamente. Esses resultados mostram, pela primeira vez, a atividade de compostos de P. sabulosa contra T. cruzi.

Keywords : Polygala sabulosa; 6-metoxi-7-preniloxicumarina; estiril-2-pironas; Trypanosoma cruzi; atividade tripanocida.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English