SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 suppl.Effect of the flour of the yellow passion fruit peel (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg.) in the glycemic and lipid levels of type 2 diabetes patientsAcute toxicity of the aqueous extract of Erythrina velutina leaves in experimental animals author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Farmacognosia

Print version ISSN 0102-695XOn-line version ISSN 1981-528X

Abstract

VASCONCELOS, Kátia Regina Felizardo; VEIGA JUNIOR, Valdir Florêncio da; ROCHA, Waldireny Caldas  and  BANDEIRA, Maria Fulgência Costa Lima. Avaliação in vitro da atividade antibacteriana de um cimento odontológico à base de óleo-resina de Copaifera multijuga Hayne. Rev. bras. farmacogn. [online]. 2008, vol.18, suppl., pp.733-738. ISSN 0102-695X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-695X2008000500017.

Um dos materiais utilizados para a adequação do meio bucal no serviço público é o cimento produzido a partir de óxido de zinco e eugenol. Entretanto, o eugenol é uma substância citotóxica que pode desencadear alguns efeitos adversos. Por essa razão, procura-se substituir o eugenol por uma substância que apresente baixa toxicidade, mantendo ou mesmo melhorando as propriedades do cimento. O óleo-resina de copaíba é um produto natural, utilizado pelas populações amazônicas e reconhecido por suas propriedades medicinais. Baseando-se nas propriedades desse óleo-resina, na ação antimicrobiana comprovada do hidróxido de cálcio e na ação anti-séptica do óxido de zinco, propôs-se formular um cimento odontológico obtido da associação do ZnO, Ca(OH)2 e óleo-resina de Copaifera multijuga Hayne e avaliar sua atividade antibacteriana através do teste de diluição em meio líquido frente às cepas padrão de Streptococcus mutans (ATCC 25175) e S. sanguinis (ATCC 15300). Nesse ensaio, utilizaram-se os seguintes grupos experimentais: o cimento contendo ZnO, Ca(OH)2 e óleo-resina de copaíba (G1) e cada um dos constituintes isoladamente, ZnO (G2), Ca(OH)2 (G3) e óleo-resina de copaíba (G4). Todos os grupos analisados demonstraram atividade antibacteriana, o G4 apresentou os melhores resultados e o G1 mostrou-se um cimento promissor a ser utilizado em odontologia.

Keywords : Óleo de copaíba; atividade antibacteriana; cimentos odontológicos; Copaifera multijuga; Fabaceae.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License