SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue3Mutagenicity of two species of the genus Alchornea measured by Salmonella microsome assay and micronucleus testAcute toxicity of Psilocybe cubensis (Ear.) Sing., Strophariaceae, aqueous extract in mice author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Farmacognosia

Print version ISSN 0102-695X

Abstract

JACOME, Rose Lisieux R. Paiva et al. Estudo farmacognóstico comparativo das folhas de Davilla elliptica A. St.-Hil. e D. rugosa Poir., Dilleniaceae. Rev. bras. farmacogn. [online]. 2010, vol.20, n.3, pp.390-396. ISSN 0102-695X.  https://doi.org/10.1590/S0102-695X2010000300016.

As características farmacognósticas das folhas de Davilla elliptica A. St.-Hil. e D. rugosa Poir., Dilleniaceae, foram determinadas com objetivo de auxiliar na identificação taxonômica e no controle de qualidade das drogas vegetais e de produtos fitoterápicos. A espécie D. elliptica é um arbusto ereto, que ocorre naturalmente no cerrado e D. rugosa é um trepadeira lenhosa de beira de mata. Ambas são conhecidas popularmente como lixeirinha, sambaibinha e cipó-caboclo, empregadas na medicina tradicional como antiinflamatória e antiúlcera. As características microscópicas observadas em D. rugosa tais como tricomas estrelados e esclereídes no mesofilo e em D. elliptica de idioblastos contendo mucilagem e endoderme, são parâmetros que poderão ser utilizados na diferenciação das espécies. Os teores obtidos nos ensaios de pureza e nos doseamentos de taninos (9,4% e 7,2%), flavonoides (0,46% e 0,9%) e mucilagens (2,2% e 4,1%) de ambas as espécies, podem contribuir no controle de qualidade das drogas vegetais uma vez que são usadas indistintamente na produção de fitoterápicos.

Keywords : Davilla elliptica; D. rugosa; caracterização farmacognóstica; controle de qualidade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License