SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número2A atualidade do conceito de gerações de Karl MannheimGerações e famílias: Polissemia, mudanças históricas e mobilidade índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Sociedade e Estado

versão impressa ISSN 0102-6992

Resumo

MOTTA, Alda Britto da. A atualidade do conceito de gerações na pesquisa sobre o envelhecimento. Soc. estado. [online]. 2010, vol.25, n.2, pp.225-250. ISSN 0102-6992.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69922010000200005.

Se a definição de gerações esteve na preocupação dos estudiosos desde os primórdios da sociologia, por outro lado sua utilização foi sempre teoricamente instável, porque polissêmica e, mesmo quando alcançado um grau de estruturação teórica alta, com Mannheim, também acompanhou a instabilidade inicial da aceitação teórica desse autor em alguns meios acadêmicos. Hoje a polissemia se mantém, mas também uma escassa atenção (ou percepção) às posições sociais geracionais e à dinâmica das relações entre as gerações, ao ponto de causar certos prejuízos analíticos, como no caso aqui apontado da violência contra os idosos - onde a análise do ponto de vista da solidariedade e do conflito entre as gerações é crucial.

Palavras-chave : gerações; velhice; gênero; relações intergeracionais; violência.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons