SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número especialSociologia e história na obra de José de Souza Martins índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Sociedade e Estado

versão impressa ISSN 0102-6992versão On-line ISSN 1980-5462

Resumo

PINTO, Celi Regina Jardim. O que as teorias do reconhecimento têm a dizer sobre as manifestações de rua em 2013 no Brasil. Soc. estado. [online]. 2016, vol.31, n.spe, pp.1071-1092. ISSN 1980-5462.  http://dx.doi.org/10.1590/s0102-69922016.0spe0012.

Este artigo tem como objetivo discutir as teorias do reconhecimento como instrumental para a análise das manifestações de rua ocorridas no Brasil em junho de 2013. Examina três autores: Nancy Fraser, Axel Honneth e Judith Butler, descrevendo os pontos centrais da teoria do reconhecimento de cada um deles, para assim apontar as possibilidades e os limites de sua aplicação no estudo em pauta. A hipótese que norteia o artigo é a seguinte: nas manifestações de rua de 2013, a ausência de sujeitos coletivos organizados caracterizou uma condição de dispersão e fragmentação, resultando em uma demanda por reconhecimento antipolítica e individualizada. Tendo em vista esse cenário, chegou-se à conclusão de que as teses de Judith Butler sobre reconhecimento foram as que se mostraram mais apropriadas à análise dos eventos.

Palavras-chave : teoria social; teorias do reconhecimento; pós-estruturalismo; Nancy Fraser; Axel Honneth; Judith Butler; manifestações de rua no Brasil em junho de 2013..

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )