SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número2Os poderes dos seguranças particulares no policiamento das propriedades privadas de massaEventos científicos: da Pirâmide Reputacional aos círculos persuasivos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Sociedade e Estado

versão impressa ISSN 0102-6992versão On-line ISSN 1980-5462

Resumo

TRINDADE, Thiago Aparecido  e  BUGIATO, Caio Martins. A interação entre movimentos sociais e sistema estatal no Brasil: um debate a partir das contribuições de Claus Offe e Nicos Poulantzas. Soc. estado. [online]. 2020, vol.35, n.2, pp.411-440.  Epub 04-Set-2020. ISSN 1980-5462.  https://doi.org/10.1590/s0102-6992-202035020003.

O objetivo central deste texto consiste em analisar a relação entre movimentos sociais e Estado a partir de um diálogo com a literatura brasileira recente. Nos últimos anos, estudiosos dedicaram-se a pensar a luta pela democracia a partir da inserção dos ativistas no interior das instituições. O problema é que esse debate relegou a segundo plano questões sobre o Estado fundamentais para uma compreensão mais abrangente dos limites da luta institucional. Para suprir tal lacuna, nossa proposta coloca em diálogo o recente debate brasileiro sobre a interação entre movimentos sociais e Estado com a discussão teórica neomarxista, conferindo centralidade aos elementos da dinâmica estatal que relativizam a influência exercida pelos ativistas no interior do Estado. Em síntese, para que a luta “por dentro” das instituições tenha maior eficácia, ela precisa necessariamente estar ancorada por uma forte capacidade de mobilização do lado “de fora”.

Palavras-chave : Movimentos sociais; Sistema estatal; Democracia; Agenda relacional; Neomarxismo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )