SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue1Subjectivity in movement: the MST in Rio Grande do NortePermanencies and ruptures: gender meanings in female family heads author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psicologia & Sociedade

On-line version ISSN 1807-0310

Abstract

SILVA, Miguel Antônio de Mello  and  QUEIROZ, Marcos de Souza. Somatização em migrantes de baixa renda no Brasil. Psicol. Soc. [online]. 2006, vol.18, n.1, pp.31-39. ISSN 1807-0310.  https://doi.org/10.1590/S0102-71822006000100005.

Este artigo tem por objetivo compreender o entrelaçamento da cultura com reações psicológicas de indivíduos expostos ao processo de migração e estabelecer relações entre o fenômeno da migração e adoecimento psicossomático. O enfoque metodológico é essencialmente qualitativo, baseado em representações sociais de pacientes migrantes e da equipe de funcionários e profissionais de um centro de saúde do município próximo de Campinas. A análise demonstrou que a migração era percebida negativamente, como uma causadora de doenças quando havia perda do emprego/renda e fragmentação de laços familiares e comunitários. Se tais elementos estavam estabilizados, fatores estressantes do cotidiano permaneciam mascarados (mantidos fora da consciência) e a piora da saúde não era atribuída à migração ou à qualidade de vida. O problema da migração e doença, pela perspectiva do centro de saúde, incluía abordagem terapêutica exclusivamente biológica sem outra perspectiva que contribuísse para os sujeitos assimilarem as novas condições de vida num novo ambiente sócio-cultural.

Keywords : Psicologia Social; psicossomática; migração; psicanálise; medicina social.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License