SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número1Somatização em migrantes de baixa renda no BrasilFamílias e patriarcado: da prescrição normativa à subversão criativa índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Psicologia & Sociedade

versão On-line ISSN 1807-0310

Resumo

TESTONI, Raquel Jaqueline Freiberger  e  TONELLI, Maria Juracy Filgueiras. Permanências e rupturas: sentidos de gênero em mulheres chefes de família. Psicol. Soc. [online]. 2006, vol.18, n.1, pp. 40-48. ISSN 1807-0310.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-71822006000100006.

Este artigo resultou de um estudo realizado com três mulheres chefes de família, moradoras de um bairro popular em uma cidade catarinense. Ao investigar de que forma constroem-se os sentidos de gênero na trajetória de vida destas mulheres, procurou-se refletir como estes sentidos posicionam os sujeitos na trama das relações sociais e de gênero. Considerando a construção histórica, social e cultural do gênero, pode-se questionar a naturalização da ligação entre sexo e gênero - tão freqüente na psicologia - e a conseqüente regulação na constituição das subjetividades femininas e masculinas dela proveniente. Os resultados apontam a existência de permanências, como a forte presença da moral sexual e do grande valor atribuído por elas à maternidade. Revelam, no entanto, alternativas de exercer pequenas rupturas neste padrão ao criarem, a partir da apropriação de outros saberes e outras significações pelas próprias experiências, um novo patamar de expectativas e possibilidades em suas vidas.

Palavras-chave : gênero; mulheres chefes de família; trajetórias de vida.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português