SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número2Álcool e direção: uma questão na agenda política brasileiraAs competências da psicologia jurídica na avaliação psicossocial de famílias em conflito índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Psicologia & Sociedade

versão impressa ISSN 0102-7182versão On-line ISSN 1807-0310

Resumo

GONCALVES, Tonantzin Ribeiro et al. Vida reprodutiva de pessoas vivendo com HIV/AIDS: revisando a literatura. Psicol. Soc. [online]. 2009, vol.21, n.2, pp.223-232. ISSN 0102-7182.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-71822009000200009.

No contexto atual da epidemia de HIV/AIDS, temáticas como a reprodução e a transmissão materno-infantil tornaram-se frequentes e têm suscitado diversos posicionamentos por parte de pessoas portadoras e das equipes de saúde. O presente artigo teve por objetivo examinar o impacto da infecção por HIV/AIDS na vida reprodutiva de pessoas portadoras, considerando o direito à maternidade e à paternidade. Foi realizada uma revisão da literatura acerca de aspectos biológicos, psíquicos e sociais que compõem o cenário da assistência em saúde reprodutiva. Constatou-se que a prevalência da lógica biomédica e o impacto social da epidemia restringem o exercício do direito à maternidade e à paternidade dos indivíduos portadores de HIV/AIDS. Diante disso, entende se que as políticas públicas e as ações em saúde devem ser direcionadas pelo respeito ao princípio da integralidade e pelo respeito à autonomia individual, dentro de um contexto de apoio e orientação psicossocial.

Palavras-chave : reprodução humana; HIV/AIDS; direitos reprodutivos; transmissão vertical do HIV; sexualidade.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons